Crónicas de viagens por um Mundo que considero Justo e Perfeito:. Aqui vou publicar desde pequenos passeios até grandes viagens que vou fazendo. Começo pela Cidade que me deu berço, me viu crescer e agora tento contribuir para a melhorar!

:. Recentes

:. Eskimós 2009 - CBF na Mot...

:. Dados Viagem Eskimós 2009

:. Crónica aos Eskimós 2009

:. Video Crónica aos Eskimós...

:. Crónica aos Eskimós 2008

:. Arquivo

:. Dezembro 2011

:. Setembro 2011

:. Março 2011

:. Outubro 2010

:. Maio 2010

:. Setembro 2009

:. Agosto 2009

:. Julho 2009

:. Junho 2009

:. Maio 2009

:. Abril 2009

:. Março 2009

:. Fevereiro 2009

:. Dezembro 2008

:. Novembro 2008

:. Setembro 2008

:. Agosto 2008

:. Julho 2008

:. Junho 2008

:. Abril 2008

:. Março 2008

:. Fevereiro 2008

:. Janeiro 2008

:. Ligações

:. Utilidades



Weather Forecast | Weather Maps

:. NetColantes

Portugal


Espanha


















Domingo, 1 de Março de 2009

Eskimós 2009 - CBF na MotoGuia

CBF na Moto Guia

 

Vagueio:
Publicado por WandereR às 09:29
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Dados Viagem Eskimós 2009

Bem faltaram alguns dados sobre a viagem:

Kms percorridos: 605kms;

Altura máxima: 1050m;

Duração: 1dia, 7horas e 59minutos;

Percurso dia 7 de Fevereiro:

Percurso dia 8 de Fevereiro:

 

Vagueio:
Publicado por WandereR às 13:57
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Crónica aos Eskimós 2009

Flyer dos EskimósMais uma edição deste evento e não pude deixar de estar presente.

Dia 7 de Fevereiro de 2009


Visto que por motivos profissionais não pudemos arrancar no dia 6 de Fevereiro, a viagem deu inicio no dia 7 de Fevereiro um pouco mais tarde do que planeado mas devidamente justificado!

Ponto de encontro foi na A1 nas bombas a seguir à saída para Santo Ovídio.Encontro CBFs A1

Fui o segundo a chegar, estando à nossa espera o Gonçalo que apesar de não fazer intenção de ir, deu-nos o prazer de nos acompanhar na viagem.

Ainda não tinha a ZuVa completamente estacionada, chegou o SpQuad, cheio de calor visto estar equipado com fato de chuva e tudo.

De seguida chegou o MacWorld muito levezinho apenas de TopCase e nós com as motas completamente equipadas!

O Lamecus estava ligeiramente atrasado, devidamente justificado com um obsesso nos dentes e demorou bastante a chegar junto de nós mas o importante é que veio! Depois de alguma espera lá chegou o Lamecus. Depois de dois dedos de conversa arrancamos visto que o Cruiser aguardava por nós em Vouzela!

Fizemos a A29 até Ovar onde entramos na A1 (portagem) e desviamos para a estação de serviço pois a luz de reserva de uma das CBFs acendeu... e foi aqui que tudo começou a correr mal para o SpQuad... Esqueceu-se da carteira em casa! Mas nada como andar em grupo, rapidamente se resolveu tudo, pagou-se a gasolina e confirmou-se a presença da carteira em casa e assim continuamos viagem.Autocolante CBFs Eskimós

Aqui aproveitou-se para distribuir os autocolantes que o Lamecus fez para esta edição com o pormenor do "Ice Age 2". Para além do frontal ainda fez um em ponto pequeno e outro diferente dizendo "Eu Vou!". Mais uma vez toques de mestria!

Mais uns bons kms, sempre acompanhados de sol e tempo seco a uma boa velocidade de cruzeiro até à 1ª Paragemestação de serviço de Vouzela já na A25 onde o Cruiser nos aguardava. Aqui também se encontravam outros grupos de motards a caminho de Valhelhas. Mais 2 dedos de conversa... Algumas aventuras até ao WC! (Isto de calças de moto não são nada práticas!)

Mais uma vez e agora sendo 6 CBFs com 6 CBFistas (WandereR, SpQuad, Cruiser, Lamecus, MacWorld e Gonçalo) seguem em direcção à Guarda para almoçar pela A25. O Gonçalo que pensava em voltar para trás, decidiu continuar connosco até à Guarda para almoçar e regressaria a seguir ao almoço para o Porto!

Ao chegar à estação de serviço da A25 fazemos uma paragem para verificação de pneus e aqui o SpQuad descobre que perdeu os óculos de sol na estação anterior!

GrupoDepois de mais 2 dedos de conversa e algunsGrupo chocolates para enganar o estômago, fomos "apanhados" por companheiros do Viajar de Moto...
GrupoGrupo
Ao sair desta estação de serviço o SpQuad perde as luvas extra que levava mas por sorte eu e o Cruiser vimos e paramos para recolher as mesmas.

Até à próxima etapa apanhamos nevoeiro cerrado em vários locais e noutros sol limpo. Alguns locais com estrada molhada e noutros com estrada seca. Seguimos sempre com o devido cuidado.

Parados Centro da GuardaChegando à Guarda fomos até ao centro onde procuramos uma farmácia para que o Lamecus pudesse aliviar algumas dores. Aproveitei então para ligar a diversos membros da minha família que tenho por lá mas que por motivos profissionais não puderam ir a nosso encontro, pois também partilham o gosto pelas 2 rodas. Consegui no entanto contactar um primo que fez questão de ir almoçar connosco.

Passando junto à Sé da Guarda encontramos um Sr. de idade que serve de guia aos turistas que nos levou a um restaurante ali perto e que nos indicou um estacionamento mesmo em frente ao restaurante para as CBFs. O restaurante chama-se "A Fragata" e fica na rua 31 de Janeiro. Come-se bem e não foi muito caro. Aqui almoçamos 7 e conseguimos convencer o Gonçalo a ficar para domingo, que como não tinha contado com isso não levava roupa para trocar, portanto a seguir ao almoço fomos, ainda acompanhados pelo meu primo de 4 rodas, até uma loja de desporto.Junto ao Rox - Guarda

Aqui ainda deu para mais um pouco de descontracção... o SpQuad perdeu as chaves da mota num dos meus bolsos... Ninguém o mandou deixar a chave pendurada na TopCase! Mas percebeu logo que era brincadeira de alguém!

A partir daqui seguimos os 6 até Valhelhas por uma estrada cheia de curvinhas mesmo à maneira como nós gostamos!


Estes 20kms que separam a Guarda de Valhelhas cheios de curvas mesmo ao nosso gosto com um tempo seco muito agradável, fizeram-se muito bem e começamos a avistar a serra coberta de neve com um sol envergonhado a surgir ao fundo por detrás das montanhas.

Chegados finalmente ao recinto e Check in da concentração, fomos de imediato reconhecidos como os das CBFs! Vozes amigáveis suspiraram de alivio ao verem que nós este ano também comparecíamos! Começaram logo com perguntas: "Quem é o Vasco?" "Quem fez os autocolantes?" "Quem escreveu a crónica do ano passado a dizer quase tudo desde que saiu de casa?"

São perguntas destas que nos fazem mexer e querer cada vez que as nossas crónicas têm mais e melhor qualidade!

Aproveitamos então para ligar para a família a dizer que chegamos bem, fizemos o check in e liquidamos a inscrição e fomos em busca de um local mais abrigado onde levantar acampamento ou montar as tenditas!

Foi aqui que o nosso companheiro Gonçalo partiu em busca de um local onde pernoitar visto não estar a contar sequer ter vindo tão longe, mas a companhia era agradável então foi acompanhando.

Medido o vento e analisado o ponto de nascer do sol decidimos ficar junto à ribeira, onde pequenas cabras pastavam e montamos acampamento.
AcampamentoAcampamentoAcampamentoAcampamento
Enquanto montávamos acampamento e planeávamos a etapa seguinte, o companheiro de viagem Gonçalo comunicava que por motivos pessoais (saúde da mãe) já ia de regresso ao Porto e não ficaria connosco.

Depois de tudo montado seguimos até Manteigas para abastecer e subir até o Covão D'Ametade pois a estrada estaria transitável para nós.
Abastecimento
Aproveitamos ainda para visitar o mercado local para comprar comida para logo e tomar um café, vil droga negra que nos mantém acordados!

Depois de alguma dúvida se seria seguro passar aSubida barreira que indicava que a estrada estava fechada, lá apareceram 2 companheiros que indicaram que ainda era seguro subir e lá fomos.
Neve CBFs paradas
Chegados ao Covão D'Ametade já com escuridão, agradecemos à organização terem mudado o local visto que aqui ia ser muito difícil!Eu na neveNeveRio congeladoNeve

Voltamos então para baixo, muito cautelosamente pois o vento estava a fazer-se notar e estava a puxar a neve toda para a estrada. A descida foi feita em 2ª pois sempre que metia a 3ª sentia a ZuVa muito solta e a querer fugir! Não arrisquei! Já estava de noite logo fechei o grupo e liguei todas as luzes disponíveis na ZuVa (faróis de berma)!

Chegados cá baixo respiramos de alívio pois continuava tudo seco e sem neve! Seguimos então para Valhelhas para pensarmos em jantar.

Mais umas quantas curvinhas mesmo como nós gostamos.

Chegados ao recinto, as primeiras CBFs param junto à tenda de controlo e a muito custo começam a puxar mangas para mostrar a pulseira, até que surge alguém da organização que diz: "Deixa que esses são conhecidos! Esses podem passar à vontade!"
Eu não mostrei a pulseira... estava perfeitamente identificado! 

Seguimos até ao nosso acampamento e tratamos de estacionar as CBFs entre as árvores e garantir que estas se mantivessem de pé e na pior das hipóteses encostavam-se às árvores. Escavar um pouco para meter pedras ou tampas de frascos, com descanso lateral ou descanso central lá ficaram as 5 CBFs quietinhas.
Lenha
Lá tratamos então de reunir a lenha miúda que encontramos enquanto se foi buscar mais lenha...
Recinto
Depois de já estar pegado, fizemos uma barreira com a lenha para secar e fomos comer uma sopa quente à tenda principal.


Depois da sopa aproveitamos e descontamos a bebida de oferta de inscrição e voltamos para junto das tendas para continuar o jantar... Claro que aproveitamos e carregamos mais alguns toros de lenha.


fogueira


À volta da fogueiraComeçamos então a preparar o resto do jantar,À volta da Fogueira distribuir bebidas, conviver com os companheiros do lado...Chouriços

Histórias, comida e bebida não faltaram.

Fomos então passear um pouco até à entrada da concentração onde todos se reunião à volta de uma banda que tocava e cantava. Tomou-se um café quente (quem quis) e conviveu-se com restantes companheiros.
Convivio
Voltados então ao acampamento continuou-se nas histórias, comidas e bebidas... mudanças de copos...
ConvivioE mais tarde mudança de posição... agora não digo o que tinha no copo mas dormi muito quentinho...

Depois de algumas histórias e muita conversa sobre tudo e mais alguma coisa lá fomos nós dormir, cada um com o seu quarto... alguns já mais quentes que outros...

Dia 8 de Fevereiro de 2009

Acordar

A noite foi passada quente e a dormir bem até às 5 da manhã quando fui acordado por alguém que andava cá fora de lanterna... muito possivelmente à procura de um WC... e até às 8 foi adormecendo e acordando com algum frio nos pés... mas assim que ouvi alguém cá fora meti a cabeça para ver como estava o tempo...

Enquanto esperava-mos que todos acordassem, reparamos que a fogueira não estava totalmente Grupo a péapagada e bastou juntar todos os toros para que voltasse a acender!

Preparamos-nos para ir até algum café para tomar o pequeno almoço...

Subimos ao centro onde fomos a um café e conversamos com o dono sobre a opinião das pessoas de Valhelhas em relação à nossa "invasão" e que muitos ficaram surpreendidos por sermos tão pacíficos e sossegados.

Voltamos então para o acampamento e começamos a arrumar tudo para partir. Desmontar tendas, arrumar tudo nas malas e sacos, juntar sobras de comida e separar o lixo.

Voltar a por tudo na CBF e preparar a partida.

Entretanto fomos avisados que na tenda principal havia café quente e recordações, ficando acordado que passaria-mos lá antes de ir embora.

Tudo pronto para arrancar restou tirar as CBFs do meio das árvores, coisa que em certos casos foi preciso força de 2! (como no meu caso! Obrigado pela força de braços MacWorld)

Na tenda principal tomamos um café, demos 2 dedos de conversa mas este ano não trouxemos recordação! Depois das despedidas fizemos o percurso inverso até à Guarda pois o Lamecus esqueceu-se dos medicamentos no restaurante e fomos então lá busca-los.

Sé da GuardaJuntamos as CBFs junto à Sé enquanto o Lamecus ia buscar os medicamentos e passeou-se um pouco por ali perto. As pessoas que passavam observavam as motas e admiravam-se! Houve lugar a algumas fotos... Se calhar para provar que ainda há malucos que andem de moto com um tempo frio como aquele!

Com tudo pronto e com algum receio da chuva lá se arrancou em direcção ao Porto. Plano: Almoçar em Vouzela.
AE vestir equipamento de chuva
Percorridos poucos Kms de AE fomos forçados a parar debaixo de uma ponte para fazer uso dos impermeáveis...

Depois de muita chuva chata mas sempre certinha e depois de procurar um restaurante, pedimos indicações para um determinado restaurante mas como ainda ia-mos ter que procurar e a fome já se notava ficamos no restaurante onde pedimos indicações.Restaurante
Depois de despidos os equipamentos extra (calças de chuva e calças de moto, casaco de chuva e casaco de moto) lá entramos para uma sala com lareira num ambiente muito acolhedor e com comida quase caseira.

Umas horas de convívio, conversa e comida, ficamos satisfeitos e prontos para percorrer os kms que ainda faltavam.

Seguimos com destino traçado, já com despedidas feitas para o companheiro que desviava mais cedo e fomos acompanhados pela chuva sempre até à estação de serviço de Antuã.

Agora já reduzidos a 4 CBFs, despedimos-nos para continuar viagem até casa e que cada um ia desviando quando chegasse à saída que mais lhe conviesse!

Ao chegar ao Porto as 4 CBFs separam-se 3 pela ponte do Freixo e 1a pela ponte D'Arrabida. Por fim 2 CBFs foram pela A3 para eu seguir sozinho até casa mas já pouco faltava.

Chegado a casa cansado e molhado, mas só por fora pois o equipamento funcionou bem, tirei as malas à ZuVa, tomei um bom banho quente e troquei de roupa para continuar com a minha vida normal já com planos da pendura.

E assim terminou mais um passeio... um simples passeio não!

E assim terminou mais um FANTÁSTICO passeio acompanhado pelo gosto das 2 rodas com um modelo... Honda CBF! Mas não interessa a marca, modelo ou preço do que nos move pois se não fosse a companhia dos restantes Motards não poderia dizer que este passeio teria sido tão fantástico!

Obrigado companheiros de viagem SpQuad, Lamecus, Cruiser, MacWorld e Gonçalo! E claro está obrigado ZuVa por provares mais uma vez que estás à altura destes passeios e que posso ir contigo para todo lado!

Peço que não me levem a mal mas tive de usar as fotos dos CBFistas e outros que estiveram presentes pois a minha máquina foi-se e estragou todas as fotos!


Portanto seguem os créditos:

MacWorld obrigado por me mandares as tuas fotos por email;
Cruiser copiei algumas das tuas;
SpQuad copiei algumas fotos do teu blogue;
AMCosta (Viajar de Moto) usei fotos quando nos apanhou;
Lamecus quando tiveres tempo manda-me as tuas que depois edito as crónicas e meto algumas das tuas também!

Vagueio:
Publicado por WandereR às 23:49
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Video Crónica aos Eskimós 2008

Simplesmente Fantástico...


Obrigado Lamecus!
Vagueio:
Publicado por WandereR às 21:35
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Crónica aos Eskimós 2008


Dia 1
        Tudo começou às 8:30 quando saí de casa... como a ZuVa não tinha gasolina (acendeu logo a reserva mal a liguei) parei primeiro na Repsol da Constituição. Depois segui até à Repsol ZuVa Painel de Ajuleijoda A1 em Gaia onde estava marcado o Ponto de Encontro. Quando lá cheguei já lá estava uma mota mas percebi logo que não era do nosso grupo por 2 razões: Não era CBF (os que não vinham montados em CBFs vinham acompanhados de uma a do SpQuad) e não estava equipado para viagens! Era um homem já com alguma idade num passeio de sábado de manhã! Passei para o café onde tomei um café expresso comprido tal como gosto! E percebi que tinha sido o 1º a chegar... também só eram 8:45 da manhã!
    Esperei um pouco e lá chegou o MACWORLD que estacionou junto da ZuVa e depois das apresentações e cumprimentos foi pedir um café também. O Macworld ainda não tinha regressado à mesa e chega o CRUISER que também estacionou junto das duas CBFs. E aqui está um segredo que o CRUISER não contou a ninguém mas eu vi e vou contar tudo... É que o CRUISER teve acompanhamento de um carro especial que tinha escrito "Veiculo Excepcional" no vidro de trás e é daqueles carros que acompanham os camiões com dimensões muito a cima do normal! Pois é! Não é qualquer um que pode! Pena é que tinha a máquina guardada e não consegui registar a chegada dele! A viatura seguiu viagem depois do CRUISER estacionar! Cumprimentou-me e ao Macworld e lá ficamos na cavaqueira à espera do SpQuad e dos 3 amigos! Pouco esperamos pois pouco passava das 9 quando chegaram as 4 motas! O SpQuad, o Barros, o Luís Sousa e o Sérgio.

    Nesta altura ninguém se tinha apercebido mas durante o registo na Pousada eu apercebi-me do seguinte facto engraçado! Era-mos 8 mas só havia 5 nomes originais! Havia 2 com nome de "João", 2 com nome de "Mário" e 2 com nome de "Luís" e depois havia o Vasco e o Sérgio! foi giro até! Tínhamos de ter cuidado quando chamávamos alguém pois o mais certo era olharem 2! Para já ainda só estávamos 4 CBFs... Falamos do gás especial para pneus do CRUISER... das malas novas do SpQuad... e combinamos paragens para levantar dinheiro e para abastecer, que ficou combinado paramos em Viseu para encontrar o Lamecus e completar o grupo. Montamos e arrancamos.
    Após os Kms todos, distraídos passamos o ponto de encontro na A25 onde esperava o Lamecus e saímos logo a seguir parando na 1ª bomba para abastecer e dar tempo para ligar ao Lamecus para ele ir lá ter. Pouco esperamos e chegou logo o Lamecus com tócolantes muito lindo
s para as CBFs que tanto furor fizeram! E ficaram muito bem nas CBFs.

    Depois de comparar o preço da gasolina com o do Diesel e do gasóleo agrícola e sabendo eu que a minha mota não anda gosta de Diesel... Ainda pensei em meter gasóleo agrícola mas pelos vistos o cheiro é um pouco forte então meti gasolina 95!

    Depois de alguma conversa, fotos de grupo que ainda não tenho e afins lá arrancamos em direcção à serra ou melhor "Pátorre"!
    Mas antes ainda parámos para beber e comer (e fumar) um pouco. Aqui a foto das meninas já todas! (5 CBFs, 1 Kawasaki, 1 Africa Twin e 1 BMW - Desculpem mas não tenho jeito para modelos e marcas para além das CBFs)

    Pronto para já vamos ficar aqui nesta paragem, onde a companhia, apesar de falar esquisito até era agradável... muito agradável! O sol queimava um pouco a tola mas usamos várias estratégias contra o calor... uns punham o casaco por cima da cabeça, outros usaram o lenço e enrolaram na cabeça e outros usaram as protecções que até dava para fazer de pala para o sol!
    Bem decidimos rumar então à serra mas de forma diferente... em vez de ir pelo caminho que todos seguem decidimos ir por outro lado pela Sra do Desterro! Aparentemente o caminho seria mais bonito, não tão rápido mas agradável! E foi mesmo! O meu GPS tentava mandar-nos sempre pelo outro lado, o mais rápido, mas quando mudei para o mais curto mandou-nos direitinhos por onde já estávamos a ir.      

    A estrada fantástica, paisagens indescritíveis, total ausência de transito! Só nós e a montanha! Conforme se ia subindo começava-se a notar o frio a entrar pelas frinchas do casaco, luvas, capacete e sentia-se bem a temperatura a descer! Mas a paisagem compensa largamente o sacrifício! (com o devido equipamento aguentou-se bem as descidas acentuadas de temperatura e a subida na altitude!)
Conforme se ia subindo começamos a ver a neve em locais à sombra... passando os 1500m de altitude a neve já era mais frequente e não só à sombra! Chegando aos 1700m a paisagem ficou branca e cinzenta com alguns arbustos à mistura! O sol que estava quente desapareceu por completo! Chegando lá cima, já perto da Torre percebemos que a nossa escolha no caminho foi a melhor, não só fizemos menos kms mas não tivemos tanto transito como o que lá estava!


    Tanta Gente que loucura! A neve notava-se... em alguns sítios a neve era mais alta que nós! Noutros dava pelo joelho. Paramos para ver e tirar fotos... e trocar de luvas porque estava frio! Podem ver como estava bonito o tempo...



    Está ali um gajo com tanto frio que até anda de capacete... Espera! Afinal somos nós! Será que estão com medo de cair? Conseguem andar em 2 rodas mas não se seguram em duas pernas na neve?
 
            Pronto e rumamos ao parque do Covão d`Ametade para almoçarmos visto que já passava das 13 horas!
    Chegando lá ficamos surpreendidos com o local... uma beleza divinal, a pouco mais de 1400m de altitude que se notava uma temperatura mais amena, nada comparável com o frio que se sentia lá em cima! E tiramos as fotografias da praxe!
        O ambiente dentro das tendas era bem mais quente e a comida muito agradável e apetitosa! O almoço no sábado foi Rancho! A sopa estava muito boa e a comida ainda melhor! A bebida bebia-se!
    O ambiente era de satisfação, alegria e camaradagem...
    E agora para verem mesmo como aquilo era, por um lado, uma grande cova... portanto um Covão e por outro lado d'Ametade divide em dois a montanha aqui vai uma foto 360º (Clicar para ver em grande)

    Depois de almoço o SpQuad brindou-nos com algo muito bom feito artesanalmente de propósito para a ocasião com direito a tócolante e tudo!



    (Eu sei que está a ser extensa a crónica mas para além de saber que mereceu bem esta crónica eu sei que se estiverem cansados e fartos de ler e ver fotos que vão simplesmente mudar de página!)




    Para se ter uma ideia do ambiente aqui vão mais algumas fotos do local aqui vão mais!

E arde! ARDE!... acho que em Inglês fica melhor... "It Burns, BURNS"











    O banho turco! Não sei porquê mas faltaram voluntários!
    Mas houve muitos voluntários para acampar...
    Decidimos ir passear um pouco até Manteigas e ir ver a pista artificial que lá há!
    Apesar das caras más que se podem ver não é mais do que impaciência causada pela sede!
    Pronto e fomos pousar as coisas no quarto da Pousada e descobrimos que as camas não estavam feitas!

(O que vou dizer a seguir é para que as mulheres de alguns não os ponham a fazer camas em casa)

    Para além de ficarem muito mal feitas, as camas de alguns que tentaram fazer sozinhos, outros sairam do quarto na busca de alguém para lhes fazer a cama... alguns conseguiram...

Decidimos voltar para o parque para jantar e aproveitar o resto do dia!

    Voltando um pouco a trás a algo muito importante que me esqueci de referir é que quando chegamos e fomos fazer o registo eles gostaram muito do nosso tócolante das CBFs e fartaram-se de falar com o Lamecus e passamos a ser conhecidos por "Os tipos das CBFs"... tanto é que nem precisamos de mostrar a pulseira verde fluorescente... bastava olharem para o tócolante da primeira mota a entrar que já sabiam que as próximas 7 pertenciam aos "Tipos das CBFs" mesmo que 3 não o fossem!

    Era-mos reconhecidos por todos! Assim dispensou-se a paragem e esforço a mostrar as pulseiras, entramos no parque e fomos para a tenda onde estava a dar musica e o pessoal a beber e tudo na cavaqueira!

    O jantar demorou um pouco o que nos obrigou a ter que ir ao café do parque para molhar a garganta acompanhando 2 chouriços assados na brasa que souberam muito bem! Nada como partilhar histórias e chouriços assados! Nesta altura chegou um "amigo" chamado Malawi que nos brindou com histórias fantásticas da sua vida, que se divertiu connosco e divertiu-nos! Sempre a partilhar histórias fantásticas de outros passeios e da viagem na 6ª até à serra!

    O jantar foi feijoada... que não fotografei mas que estava muito boa... a bebida muito boa também! e o ambiente de amizade também estava fantástico! muitas caras conhecidas! não só deste fórum mas também de outras andanças!

    Agora vamos parar tudo! Como alguém mais tarde disse (e também mais bêbedo).
"PÁRA! PÁRA! PÁRA TUDO!... Olha para mim!"

    Agora vamos tentar fazer uma coisa para ficar um pouco mais perto do que foi esta noite no parque do Covão d'Ametade...

    Juntem-se a mim e imaginem (porque não consegui fotografar) aquele bosque à noite escura apenas com luz de lanterna ou de fogueiras com esta...

    Onde a única tecnologia mais actual são as motas mas na escuridão deixam de se ver!

    Uma noite iluminada pela lua brilhante no céu...
    As árvores formam manchas cinzentas no meio da negra escuridão...
    Somos aquecidos pela bebida que nos acompanha para todo lado.

    E de súbito o silêncio da noite é quebrado por este "Amigo" nuestro irmano...

    Que está a tocar Gaita de Foles que dá à noite um ar místico, melancólico e transporta-nos para um tempo onde se vivia em cabanas!

    Simplesmente indescritível! O que se sente naquele momento não se consegue
transcrever ou transmitir! Reparem só na cara de quem assiste a toda aquela mística e tentemos imaginar no que eles pensam...

(eu digo-vos no que eles pensam... eles pensam: "Oh SpQuad dá aí mais um bocadinho desse medronho líquido!")

    E ali ficamos mais umas quantas música e histórias da vida deste "Amigo".

    Voltamos para dentro da tenda para aquecer a assistir ao espectáculo de Karaoke e campeonatos a metro! Depois de muita conversa com amigos e companheiros da estrada, está na hora de acabar por hoje e voltar para a Pousada para descansar.

    Depois de estacionadas as nossas meninas e devidamente protegidas, pois esperava-se um tempo na manhã seguinte nada agradável para elas! Recolhemos-nos ao confortável interior da pousada. Claro está que alguns de nós queriam conviver com a equipa feminina de Volei da Suécia... mas na falta de melhor lá nos tivemos que contentar com um baralho de cartas e jogar à sueca enquanto o guarda da pousada dividia pedidos de pouco barulho entre nós e um grupo lá ao lado! É ainda de referir que a esta hora, e gratos pela fraca resistência ao cansaço e aos 1525m de altitude que as crianças têm, o grupo de quase 20 crianças que lá estavam hospedadas com pais e monitores de ski, já estavam no mundo dos sonhos há muito tempo! É que de tarde foi uma aventura tentar falar ao telemóvel para casa! Eram uns a fazer vós feminina no quarto e os putos a saltar e berrar no corredor que o único sitio sossegado que se encontrou foi a casa de banho!

    Depois de uns pares de jogos lá nos fomos deitar para tentar dormir... é que por baixo do nosso quarto (e nesta estou-me a fazer a pontos extra ali do Sr. Agente!) haviam colocadas todas as máquinas que a Pousada necessita, desde bombas de água a caldeiras de aquecimento e afins!
    Os jogos de luz dentro do quarto também pareciam tolos, eram várias lanternas até alguém que apesar de ter os olhos fechados jurava que via flashes! Porque seria?

    Será que alguém andava a tirar fotos?

    E aqui termina o dia 1... perto das 4 da manhã! quando finalmente (e depois de muitos risos e algumas pancadas na parede) todos adormeceram para só acordarem quando o 1º se levantar!

Dia 2

    No dia seguinte o CRUISER foi o primeiro a levantar-se e eu fui a trás dele... já tinha dados umas voltas na cama e estava à espera de coragem para me levantar... pouco passava das 7 da manhã! (uhmm tendo em conta que nos deitamos perto das 4 da manhã dormi pouco mais que 3 horas... mas na boa nada como água fresca da serra para lavar a cara e acordar!)
    Aos poucos foram acordando todos, levantando-se e indo à casa de banho
tratando de banhos, dentes, portas partidas, necessidades matinais, lavar caras e vestindo as roupas para tomar o pequeno almoço!
    Não resisti e tive de ir ver como estava a manhã e principalmente como estava a ZuVa! Não está habituada a dormir na rua e muito menos a 1525m de altitude! Mas lá estava ela branca por causa do tecido que usei para a cobrir pois neve e geada nem vê-la!

    Depois não resisti e tive que tirar esta foto. (Clicar para ver em grande)

    Depois do pequeno almoço e malas feitas e prontas, lá arrancamos para um passeio para visitar a Boca do Inferno, mas sem antes tirar fotos! Desculpa SpQuad mas tinha de ser pois apanhei-te a fazer Ski!

    Enquanto esperávamos que fizessem compras de recordações, nós tirávamos fotos... claro que eu tirava à minha ZuVa...


Quem não tiver e quer ir para o frio que compre isto que é muito bom e quente... ajuda muito no frio!
    Depois na Boca do Inferno que tem uma estrada muito boa até lá cima com muitas curvas que muito prazer devem dar isto se a velocidade em curva fosse um pouco mais rápida mas cada um faz as curvas como se sente seguro e os outros acompanham e não se fala mais nisso! Mas o passeio foi muito bom! Aqui parados na Boca do Inferno...
    E aqui está mais uma em link por ser panorâmica e inédito que nunca tinha experimentado em vez de ser horizontal é em vertical! Gostei do resultado apesar de me ter enganado na última. (não aparece).













    As motas à espera que voltemos ao passeio...

(no meio é que está o perigo de ser atropelado!)











Oh! SpQuad o que é isso que tens na cabeça? Um sapo nocturno?

De volta a Manteigas paramos num "Tasco" para tomar café... 4 de cada vez visto que não cabia-mos os 8 lá dentro mas o que faltava em espaço tinham em simpatia! Na conversa cá fora a beber um Porto Lamecus Tawny e a conversar sobre diversos temas, passou-se uma manhã muito agradável.
Reparem bem nas carinhas deles aqui de garrafas e copos nas mãos! Depois destas acabaram-me as pilhas todas e não tirei mais fotos. Depois de Manteigas fomos almoçar Carne de Porco à Alentejana, onde foram distribuidas as lembranças dos Eskimós 2008, onde eu fiquei com a honra de representar "Os tipos das CBFs!" e fui levantar a nossa recordação. Assim fiquei eu como fiel depositário desta lembrança do 1º Eskimós!
    O regresso foi por Gouveia e Mangualde mas como já não tinha mais pilhas não pude tirar mais fotos, além que estava a chover tanto que não tive coragem de fazer mais do que apenas o necessário! É de referir que o caminho desde Manteigas brindou-nos com neve (pouca mas chegou a cair), chuva torrencial que nos impedia de ver mais que 100m à nossa frente e estradas muito agradáveis com muitas curvas que só se estragou com o excesso de chuva no ar e na estrada.
    Apesar de toda a água que apanhamos no regresso cheguei a casa molhado por fora mas seco por dentro e apenas um pouco moído nas mãos devido ao peso das luvas com água.
    Foi um Fim de Semana excelente com uma companhia muito boa e espero que brevemente haja oportunidade de fazer mais encontros e passeios.


    Para terminar algumas fotos que tirei na 3ª quando fui finalmente tratar da ZuVa...
(embora só no sábado é que a lavei! mas já tinha metido WD40 e lubrificantes!)

    Foram 529,9Kms desde a bomba da Repsol na Constituição (1km de minha casa) até ao regresso de volta a casa! Sei que de viagens foram 202km para cada lado dando +/- 120km de passeios por lá!

    Aqui está a recordação dos Eskimós que eu irei guardar e estimar enquanto esta estiver a meu encargo!


    Só a título informativo aqui estão as coordenadas GPS do local:
N 40º 19,679'
W 7º 35,202'

    Um muito bem haja a todos os companheiros de viagem e foi um prazer viajar convosco!
Vagueio:
Publicado por WandereR às 11:11
Ligação do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

:. WandereR

:. SlideShow

:. Subscrever

Escreva aqui o seu endereço de Correio Electrónico:

Delivered by FeedBurner

:. Pesquisar

 

:. Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

:. Tags

:. todas as tags

:. Colaboração