Crónicas de viagens por um Mundo que considero Justo e Perfeito:. Aqui vou publicar desde pequenos passeios até grandes viagens que vou fazendo. Começo pela Cidade que me deu berço, me viu crescer e agora tento contribuir para a melhorar!

:. Recentes

:. Revisão dos 32.000kms

:. Eu fiz o Logo

:. Inesperadamente ajudei a ...

:. Trabalho / Passeio / Trab...

:. 2010 um ano de muito trab...

:. Fim de Semana Portas Aber...

:. Passeio Gerês e Minho - D...

:. Passeio Gerês e Minho

:. Férias Agosto 2009 - Dado...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Farto de dores com que o ...

:. Arquivo

:. Dezembro 2011

:. Setembro 2011

:. Março 2011

:. Outubro 2010

:. Maio 2010

:. Setembro 2009

:. Agosto 2009

:. Julho 2009

:. Junho 2009

:. Maio 2009

:. Abril 2009

:. Março 2009

:. Fevereiro 2009

:. Dezembro 2008

:. Novembro 2008

:. Setembro 2008

:. Agosto 2008

:. Julho 2008

:. Junho 2008

:. Abril 2008

:. Março 2008

:. Fevereiro 2008

:. Janeiro 2008

:. Ligações

:. Utilidades



Weather Forecast | Weather Maps

:. NetColantes

Portugal


Espanha


















Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

Corte de Corrente - Faça Você Mesmo

Então não é que me apanhei sem pendura e passei umas horitas na garagem à volta da ZuVa.

Aproveitei uns cabos de bateria que tinha a mais e usei para fazer as ligações.

Este corte de corrente é o vulgar corte de corrente de parafuso, já o vi instalado em várias viaturas (num Mini e num empilhador) e, embora com algum receio que em andamento se desaperte, lá comprei um e mostro como o montei.

Como suporte usei uma tampa plástica das torres dos pcs e fiz um furo à medida do corte de corrente...

Depois de estudar a lateral da ZuVa cheguei à conclusão que aqui é o melhor sitio para aplicar... Fiz o respectivo furo à medida do já presente parafuso que segura componentes da traseira da moto...

Os cabos: Este tipo de corte de corrente é normalmente aplicado na chapa ou ferro fazendo assim o contacto com a massa (negativo) do sistema. Estando então a usar um suporte de plástico pode falhar um contacto portanto fui obrigado a fazer um sistema diferente recorrendo a 2 cabos, assim tenho um cabo que vem do negativo da bateria e liga na parte de trás do corte de corrente e depois tenho um segundo cabo que liga à frente do corte de corrente e liga ao cabo original da moto. Claro está que todas estas ligações foram reforçadas com soldadura a estanho (acho eu para mim é um ferro de soldar e pronto). (na foto ainda não estão soldados)

Devidamente preso no local ficou assim:

Ligação ao negativo da Bateria e ligação ao cabo original. (o fio pequeno que se vê ligado ao polo negativo é a alimentação do GPS - Instalação anterior não deu para alterar muito...)


Tudo devidamente preso por abraçadeiras sem perigo de ir para locais menos seguros ou interferir com outros mecanismos da moto.

E por fim como fica pela frente...

Para certificar-me que o corte de corrente não se desliga rodei ligeiramente mais que na foto de forma a que as partes mais largas ficam encostadas ao ferro e assim o ferro segura no sitio. Para desapertar e cortar a corrente tenho de fazer alguma força para fora afastando do ferro criando espaço para rodar.

Fiz os testes todos para me certificar que estava tudo bem ligado e com o medidor vi se havia corrente nos diversos locais, tentei ligar a moto com o corte activo... nem luz deu como é lógico, e por fim com a ZuVa a trabalhar cortei a corrente e para meu espanto não foi a abaixo nem nada... a única coisa que notei foi que a luz ficou mais fraca e fez-me lembrar as motas antigas que quando se acelerava o médio dava mais forte!

Mantive o máximo de ligações originais para no caso de haver algum problema ser fácil repor as ligações! Nas ligações originais não alterei nada e usei parafusos/porcas para prender cabos. Todas as ligações de fios novos foram todos soldados com bastante solda e em alguns casos estão em directo contacto com as anilhas e porcas.

Quanto à perda de memória por falta de corrente só se nota nas horas, os kms (como é lógico) e os Trips ficam com os valores intactos.

Vagueio:
Tags: ,
Publicado por WandereR às 16:45
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
2 comentários:
De marta a 29 de Julho de 2010 às 17:23
oi!!!
queria comprar um corta corrente para o meu honda, e gostaria de saber quanto vou gastar num corta corrente..
fartei me de procurar na net e não encontro nada que me diga quanto custa....
De WandereR a 29 de Julho de 2010 às 19:45
Boa tarde

Esse corta corrente comprei numa loja de produtos electrónicos e eléctricos e custou à volta de € 2,50.

Aqui no Porto a melhor é a Aquário (Rua da Alegria ou Rua Costa Cabral).

Tudo o resto foi aproveitamento de materiais portanto não posso dar o preço!

Cumps,

Comentar post

:. WandereR

:. SlideShow

:. Subscrever

Escreva aqui o seu endereço de Correio Electrónico:

Delivered by FeedBurner

:. Pesquisar

 

:. Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

:. Tags

:. todas as tags

:. Colaboração