Crónicas de viagens por um Mundo que considero Justo e Perfeito:. Aqui vou publicar desde pequenos passeios até grandes viagens que vou fazendo. Começo pela Cidade que me deu berço, me viu crescer e agora tento contribuir para a melhorar!

:. Recentes

:. Revisão dos 32.000kms

:. Eu fiz o Logo

:. Inesperadamente ajudei a ...

:. Trabalho / Passeio / Trab...

:. 2010 um ano de muito trab...

:. Fim de Semana Portas Aber...

:. Passeio Gerês e Minho - D...

:. Passeio Gerês e Minho

:. Férias Agosto 2009 - Dado...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Férias Agosto 2009 - Dia ...

:. Farto de dores com que o ...

:. Arquivo

:. Dezembro 2011

:. Setembro 2011

:. Março 2011

:. Outubro 2010

:. Maio 2010

:. Setembro 2009

:. Agosto 2009

:. Julho 2009

:. Junho 2009

:. Maio 2009

:. Abril 2009

:. Março 2009

:. Fevereiro 2009

:. Dezembro 2008

:. Novembro 2008

:. Setembro 2008

:. Agosto 2008

:. Julho 2008

:. Junho 2008

:. Abril 2008

:. Março 2008

:. Fevereiro 2008

:. Janeiro 2008

:. Ligações

:. Utilidades



Weather Forecast | Weather Maps

:. NetColantes

Portugal


Espanha


















Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

Férias Agosto 2009 - Dia 1 - A caminho da XVI Concentração de Góis


Data: 14 de Agosto de 2009
Kms percorridos: 186 kms
Área envolvida: 1362 kms quadrados
Duração: 10 horas e 4 minutos
Velocidade média: 19 kms/h

 

Mesmo anunciado em vários fóruns a nossa partida nesse dia, não houve mais companheiros de 2 rodas que partilhassem connosco a viagem até Góis para a XVI Concentração motard de Góis. Assim partimos à hora que bem entendemos, em direcção à Mealhada onde iríamos almoçar. Enquanto se finalizavam os últimos pormenores das bagagens e malas, ainda deu tempo para ir verificar a pressão dos pneus e preparar a ZuVa para a viagem.

 

Antes de nos fazermos à estrada ainda passamos pela Cafetaria Monte Louro para cumprimentar um amigo e combinar o encontro para o dia seguinte.

 

Seguimos então em direcção à Mealhada, usando estradas sem portagens saindo para a Estrada Nacional em Estarreja onde planeava abastecer a ZuVa no Intermarché onde é mais barato mas começavam aqui os pequenos azares... Estavam a abastecer os depósitos portanto a estação estaria fechada por 45 minutos... portanto decidimos continuar e procurar outra estação de serviço em Aveiro para abastecer... Visto que a luz indicadora da reserva tardava em acender, seguimos sempre até à Mealhada. Pouco antes de chegarmos lá acendeu a luz e procuramos uma bomba para abastecer e quando não se conhece a região tem de se abastecer no que aparece, então lá abastecemos na BP a € 1,339 o litro de Gasolina 95. Já mais relaxados lá seguimos para o restaurante Octávio dos Leitões para nos saciarmos com o há muito planeado Leitão!

 

Após o almoço seguimos em direcção ao Luso, tínhamos tempo e não precisávamos de ir a correr até Góis. Antes de chegar ao Luso a ZuVa marcou os Kms 22222 e lá paramos para uma foto para registar o momento! Chegados ao Luso procuramos uma sombra para descansar um pouco e refrescar as ideias pois o calor fazia-se sentir.

 

Enquanto esperava pela Pendura que tinha ido reabastecer a garrafa de litro e meio na fonte, passou uma Chopper com 2 raparigas que pararam para me pedir indicações... Queriam ir para Góis mas perderam a indicação e não sabiam como lá chegar. Eu como nortenho que sou ofereci-me para lhes indicar o caminho até lá visto que também seguíamos para Góis.

 

Assim seguimos, tal como planeado, por estradas nacionais, pelo Buçaco até Góis, sempre em estradas de curva e contra curva que tanto prazer me dá! Mas pelos vistos as nossas companheiras de viagem desde o Luso não partilharam esse prazer... não é fácil fazer essas estradas e curvas ao comando de uma chopper!

 

A chegar a Góis começamos a sentir umas gotas de chuva mas olhávamos o céu e estava sol!

 

Chegados à entrada da Concentração, lá fizemos a inscrição e já aqui se anunciava a diferença de simpatia entre o Norte e o Sul... pois as nossas companheiras de viagem pararam a moto bem afastadas de nós... Depois da inscrição, fomos conversar com elas, apresentamos-nos mas não obtivemos apresentação da parte delas e a nas poucas palavras lá nos disseram que eram de Lisboa. Como um bom Nortenho lá ofereci lugar no acampamento CBFPortugal e a companhia dos CBFistas... lá nos despedimos e lá tratamos de combinar a ida até ao nosso quarto reservado desde Fevereiro. Ainda entramos no recinto e procuramos os CBFistas mas deveriam estar todos na praia visto só haver tendas e motos junto do espaço reservado aos CBFistas.

 

Combinamos então um ponto de encontro e seguimos para a casa onde iríamos pernoitar e, enquanto esperávamos junto da única estação de serviço de Góis, os céus desabaram sobre nós! O Céu ficou escuro e começou a chover gotas de chuva grossas e pesadas! Assim que a Dona Lisete e o seu genro chegaram , montamos na ZuVa e corremos até à casa, fugindo então para dentro de casa à espera que a chuva acabasse! Nem tempo tivemos para tirar as malas!

 

30 minutos depois lá melhorou o tempo e então podemos tirar as malas e instalarmos-nos no quarto. Decidimos passear um pouco a pé, já estávamos cansados de andar de moto e decidimos dar descanso à ZuVa e a algumas partes do nosso corpo.

 

Nesta altura havia algum receio de voltar a sair por causa da chuva e isso via-se bem nas esplanadas e praias. Passeamos pela feira e aqui provamos a gratidão de algumas pessoas, pois cruzamos-nos com as duas meninas lisboetas e estas fizeram de conta que não nos viram e nem nos dirigiram uma única palavra! Estou a ver que gostaram muito das estradas por onde as trouxe! Mas claro que os CBFistas são exactamente o oposto pois fomos brindados pelas boas vindas dos companheiros do Fórum CBFPortugal que já se encontravam em Góis.

 

Já se notava bastante movimento de motos e pessoas mas, isto de andar a pé tem as suas vantagens, visto que descobrimos uma zona de Góis que se manteve alheio às motos. Uma praça que dava acesso à igreja, que se mantém oculto a quem não pára para explorar.

Voltamos até à esplanada e lá saciamos a sede enquanto esperávamos pela hora do Jantar.

 

Fomos então buscar a ZuVa para termos mais liberdade de movimentos, ainda deu para tirar algumas fotos e apreciar a paisagem que tínhamos da janela do nosso quarto.

Passeamos um pouco e fomos jantar. Isto de jantar em grupos tem alguma piada mas é bem mais fácil arranjar mesa e sermos servidos rápido quando apenas somos 2. Depois de jantar fomos parar a ZuVa em casa e seguimos para o recinto a pé. Encontramos alguns CBFistas, passeamos pela feira, comemos umas sandes de Porco no Espeto e assistimos ao espectáculo. Depois de ver como eram as instalações sanitárias seguimos para casa deixando o Rui Veloso a meio da sua actuação. Era hora de encerrar o primeiro dia da nossa viagem... Ainda houve tempo para ver um filme na TV à espera que o sono se instalasse.

Vagueio:
Publicado por WandereR às 15:00
Ligação do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

:. WandereR

:. SlideShow

:. Subscrever

Escreva aqui o seu endereço de Correio Electrónico:

Delivered by FeedBurner

:. Pesquisar

 

:. Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

:. Tags

:. todas as tags

:. Colaboração